O verdadeiro cheiro de Natal

5 de dezembro de 2018Jessica Moraes
Blog post

Você já sentiu o cheiro de Natal? Não vale pensar no chester saindo do forno, na farofa de banana, no panetone ou na rabanada. O verdadeiro cheiro de Natal não tem cheiro de comida. Tem cheiro de felicidade!

Okay, você pode pensar que eu sou fantasiosa demais, mas tenho a prova concreta de que o cheiro de Natal existe, você provavelmente já sentiu mas nunca percebeu de forma consciente. E o melhor: é um cheiro maravilhoso mesmo!

O cheiro de Natal é um cheiro de planta. Estamos falando mais precisamente da planta Cica, Sagu de Jardim ou Palmeira-Sagu, como preferir.

O cheiro intenso dela é característico do verão, que é a época em que ela floresce aqui nestes trópicos. Daí esse aroma ser associado ao Natal. Legal, né?

Eu sei disso há muitos anos, desde a época que existia uma comunidade no Orkut chamada “Eu Sinto Cheiro de Natal!”, com milhares de membros. Será que você fazia parte? Hehe

O cheiro da Palmeira-Sagu é indescritível. Aquele típico odor refrescante de mato, mas que é inconfundível. Assim como o cheiro da “Dama da Noite”, quando a gente sente, não tem como não saber de que se trata dela.

Como eu sempre senti o cheiro dela presente nos finais de ano, esse aroma me traz uma memória afetiva muito forte, de alegria, de esperança, de estar com a minha família no Natal. Por isso que pra mim ela tem o cheiro de felicidade.

Na minha cidade ela está presente em muitos bairros, e toda vez que eu sinto esse aroma mais forte, eu procuro ao redor e sempre me deparo com a palmeira!

E antes que você pense que é bobagem minha, muita gente já falou o mesmo sobre isso. Dá uma lida neste post fofo e também neste artigo que saiu na Folha, da Nina Horta: O cheiro da palmeirinha. Se pesquisar mais um pouco, vai encontrar vários outros depoimentos de pessoas que associam o cheiro ao Natal e à infância. Obras propositais da Natureza, não? 🧡

palmeira sagu

Mais sobre a Palmeira Sagu

A Palmeira-Sagu é uma planta arbustiva muito usada no paisagismo, por isso ela é cultivada em áreas maiores, como jardins e parques.

Sua aparência é bem tropical, formada pelo conjunto de folhas brilhantes e longas, dispostas em coroa. Apesar disso, ela não apresenta parentesco com as palmeiras nem com as samambaias.

Na maioria dos exemplares de Palmeira-Sagu o tronco é simples, com a casca grossa e rugosa, de cor castanha e que ainda pode servir de suporte para orquídeas.

A Palmeira-Sagu deve ser cultivada sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente.

Será que tem Palmeira-Sagu na sua cidade? Conta pra mim se você já sentiu um cheiro de mato predominante nessa época do ano!

Comments (1)

  • Alê

    6 de dezembro de 2018 at 14:09

    Nunca reparei nesse cheiro quando morava no Brasil, meu natal tinha cheiro das comidas que você citou mesmo haha. Mas gostei de conhecer essa informações sobre a palmeira sagu.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post anterior

espelhos de sol

Espelhos de sol: onde comprar?

28 de novembro de 2018