Blog post

Temperos, ervas e especiarias para sua cozinha

24 de outubro de 2018Jessica Moraes

Hoje eu vou falar de um assunto que eu adoooro – não que eu não goste de tudo o que eu falo aqui, haha – mas falou em temperos, ervas, especiarias, falou comigo aqui. Adoro experimentar um tempero novo na comida, preparar uma receita diferente. Mas eu sempre tive costume de usar os tradicionais. Que são:

Os temperos favoritos

alho – igual cebola, não pode faltar na maioria dos pratos
orégano – aquela pitada básica em saladas e canapés
manjericão – em massas elas é fundamental
alecrim – o toque certo para aquela batata rústica
salsa – por favor no vinagrete, obrigada
cebolinha – em qualquer peixe fica uma delícia

Além de favoritos, estão sempre presentes na comida que eu faço. O marido é chegado em pimenta do reino, que realça o sabor de todo tipo de prato, e pra ele não pode faltar. Juntos estamos descobrindo alguns temperos “novos” que pra muita gente pode ser bastante comum, mas que é bacana explorar e arriscar com outros pratos.

Por isso dei aquela pesquisada básica pra entender que tipo de erva ou especiaria combina com cada prato, ou seja, características que juntas funcionam perfeitamente, num combo delicioso de sabor e degustação. Vamos lá?

Os que aprovamos

Cominho – perfeito para carnes, não pode exagerar muito na dose
Chimichurri – queridinhos dos argentinos
Tomilho – realça o sabor de peixes e carnes
Açafrão – uso bem pouquinho no arroz
Louro – não pode faltar no meu feijão
Páprica – gosto de usar nos empanados
Colorau – realça a cor do feijão carioquinha
Canela – quando quero um doce light, ela entra
Cravo – sua função é mais aromática

Os que ainda não provamos

Noz-moscada – por incrível que pareça. Quero experimentar seu gosto adocicado
Anis estrelado – sua fama de forte me faz ter ressalvas
Sálvia – dizem que traz um toque refrescante (como a hortelã) para vários pratos

Os polêmicos

Coentro é uma polêmica só, né? Seu gosto forte divide opiniões. Eu sou a que não come – por enquanto. Nunca digo nunca, hoje em dia, principalmente na comida. Isso porque o modo de preparo e o tempero faz toda a diferença em qualquer prato, aprendi isso muito!

Alho-poró – dizem que lembra a cebolinha, que eu ainda prefiro. Nem todo mundo gosta, mas muita gente ama!
Curry – um tempero misturado com outras especiarias, seu sabor forte e famoso na Índia não agrada a todos. Admito não ter uma opinião ainda formada.

Obviamente não citei todos os temperos neste post, devido à inúmera variedade de opções existentes, que variam principalmente de cultura para cultura e de região para região. Mas aqui no post da diiirce tem uma listinha completa de informações sobre os principais temperos.


temperos ervas especiarias

Erva, tempero ou especiaria?

Ervas frescas, no geral, são as plantinhas que costumamos comer, salsinha, alecrim, hortelã. Assim como as especiarias, as ervas frescas foram descobertas há séculos, em um período de intensas navegações marítimas em busca de pimenta e canela, que naquela época eram muito valorizadas.

Já as especiarias são ingredientes comumente encontrados em grãos e sementes, usados há mais de três mil anos. Mas foi a partir do século XV é que, com as grandes navegações que foram mais apreciados e difundidos comercialmente mundo afora, não só na gastronomia, como também na fabricação de óleos, medicamentos e cosméticos.

Ambos, ervas e especiarias são temperos essenciais para dar sabor e aroma a qualquer tipo de prato, realçando ainda mais o gosto de cada ingrediente.

E tem playlist pra te acompanhar enquanto você estiver cozinhando e experimentando com esta seleção de ervas e especiarias. Dica: músicas latinas, italianas e francesas combinam muito com a ocasião! Segue o link abaixo:

O que eu acho mais legal nisso tudo é que, independentemente de existir vários chefs e culinaristas dizendo o que combina e o que não combina com tal alimento, é você fazer a sua própria experimentação e combinação de ingredientes. Reserva uma tarde gastronômica só sua e faz um “estudo aromático” de ervas e especiarias que agradam seu olfato, seu paladar e sua intuição. O que você acha que combina, que cai bem? Invente! Essa é a melhor brincadeira!

Gostou? Este é outro tema que desejo ampliar e explorar futuramente um pouco mais vocês. Me conta aqui nos comentários qual é o seu tempero favorito!

Comments (2)

  • Stephanie Ferreira

    25 de outubro de 2018 at 14:10

    Sou apaixonada por temperos frescos, o meus favoritos são a noz moscada e o tomilho ♥

  • Leslie Leite

    27 de outubro de 2018 at 18:44

    Eu passei a usar cominho e tempero baiano depois que fiz uma visita longa à São Paulo. Lá eu comprei algumas especiarias em uma feira de rua e trouxe os temperos pra minha casa em Curitiba. Quando acabou, eu fui comprar em loja de produtos naturais, e foi assim que eu conheci alguns temperos diferentes e que são incriveis na cozinha.
    Também gosto muito de canela e sabe que também é possível fazer chá com a sálvia?
    E concordo com vc, o legal disso tudo é poder inventar e reinventar pratos que agradem seu paladar de acordo com os temperos escolhidos. Por exemplo, a alguns dias atrás eu descobri que algumas pessoas usam gengibre como tempero, e eu fiquei louca para experimentar e saber como é o gosto, haha.
    Amei o post.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post anterior

organização

Como você organiza a sua rotina?

17 de outubro de 2018

Próximo post

urban jungle

Urban Jungle - entre nesta selva

31 de outubro de 2018